Em Santos, Doria autoriza início das obras do segundo trecho do VLTFabiano Roma/Santa Cecília TV

(Atualizada às 13h) 

SÃO PAULO - O governador João Doria (PSDB) autorizou, nesta quinta-feira (24), durante agenda na região, o início das obras do segundo trecho do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) na Baixada Santista. A assinatura do documento ocorreu durante evento realizado em uma central de obras, instalada na Rua Amador Bueno, no Centro de Santos. O local vai receber uma das 14 novas estações de embarque, previstas na segunda fase de ampliação do meio de tranporte público da região. 

Com investimento de R$ 217,7 milhões, o empreendimento vai transportar até 35 mil pessoas por dia e ligará a avenida Conselheiro Nébias ao Terminal Valongo, em Santos. Os serviços terão início imediato e o prazo de execução é de 30 meses. O anúncio de que as obras seriam iniciadas nesta semana foi antecipado pelo prefeito de Santos , Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), no último domingo (20), durante uma live realizada nas redes sociais. 

"É uma obra importante por trazer novos postos de emprego. Vai atender cerca de 8 quilômetros, permitindo uma mobilidade de mais de 35 mil pessoas por dia e vai facilitar o acesso ao Valongo e à Conselheiro Nébias", afirmou o governador.

Para o prefeito de Santos, a expansão do meio de transporte será um "marco histórico" para a revitalização do Centro. 

O contrato para as obras do segundo trecho do VLT foi assinado com a empresa Queiroz Galvão S.A, em julho deste ano.  A empresa também foi responsável pelas obras dos 11,5 quilômetros da primeira fase, que liga o Terminal Barreiros, em São Vicente, à Estação Porto, em Santos.  

O traçado vai cortar as ruas Campos Melo, Doutor Cochrane, João Pessoa, Visconde de São Leopoldo, São Bento, Amador Bueno, Constituição, Luiz de Camões e a Avenida Conselheiro Nébias. Todo o percurso contará com a frota de sete veículos já adquiridos pelo governo.

noticia2020924516116.jfifFoto: Fabiano Roma/Santa Cecília TV