Praia Grande: comissão se reúne com segmentos que podem reabrir na fase amarelaDivulgação Prefeitura de Praia Grande
PRAIA GRANDE - Nesta segunda-feira (13), a partir das 9 horas, a Comissão de Avaliação de Protocolos de Funcionamento do RetomarPG (Programa de Retorno Responsável da Atividade Econômica de Praia Grande) se reunirá com representantes dos segmentos de Salão de Beleza e Estética, bares e restaurantes, academias e atividades culturais para orientação sobre os protocolos que permitem a reabertura desses ramos na Cidade, após a classificação da Região Metropolitana da Baixada Santista na fase amarela do Plano São Paulo.

O encontro acontecerá no Auditório Jornalista Roberto Marinho (Seduc), na Rua José Borges Neto, 50, Mirim - em frente ao estacionamento da Prefeitura de Praia Grande, de forma escalonada com o intuito de evitar aglomerações.

A Comissão é composta pelo secretário municipal de Saúde, Cleber Suckow, por representantes do Departamento de Vigilância Sanitária, pelo Comitê Técnico e Científico da secretaria Municipal de Saúde Pública, pelo procurador do Município, por membros das Secretarias de Planejamento e de Assuntos Institucionais e também pela Associação Comercial e Empresarial da Cidade.

"Essa reunião é importante para que possamos orientar e tirar dúvidas sobre a retomada dessas atividades, inclusive para que possamos manter o combate ao Coronavírus de forma responsável. Possuímos atualmente no município mais de 90% nos índices de alta e a quantidade de internações controladas. O objetivo é preservar empregos e vidas", explicou o secretário de Saúde Pública, Cleber Suckow.

Cronograma de reuniões:
9h - Segmento Salão de Beleza e Estética
10h - Segmento de Academias
11h - Segmento de Bares, restaurantes e similares, e também atividades culturais (que poderão retornar se a Região mantiver na fase amarela até o dia 28 de julho).

Os protocolos sanitários que serão apresentados durante os encontros estão embasados em diretrizes da Organização Mundial da Saúde (OMS), Ministério da Saúde e ANVISA.

Plano São Paulo
Conforme a fase amarela do Plano São Paulo, do Governo do Estado, estão autorizados a abrir os salões de beleza e estética, academias, bares, restaurantes e similares. Todos cumprindo os protocolos de higiene, o uso obrigatório de máscaras, bem como demais orientações de horário reduzido, máximo de 6h diárias, e capacidade também reduzida, sendo de 40% para salões de beleza e restaurantes, e de 30% para academias, bem como demais diretrizes específicas para cada um desses segmentos, conforme mencionado no Plano SP e que serão orientadas nas reuniões desta segunda-feira pelo RetomarPG.