Pais de bebê deixado em frente a comércio de Praia Grande se apresentam em delegaciaDivulgação/Governo do Estado de SP

PRAIA GRANDE - Os pais do bebê deixado em frente a um comércio de Praia Grande se apresentaram nesta terça-feira (7) a Delegacia da Defesa da Mulher da Cidade. Segundo a delegada Lyvia Bonella, da DDM de Praia Grande, não foi constatada qualquer intenção de abandono da criança pelos pais.

Um menino, que tem 11 meses de vida, foi deixado em um estabelecimento que vende água mineral na Vila Caiçara. O caso havia sido registrado como abandono de incapaz na Delegacia de Defesa da Mulher. O bebê está em um abrigo, sob os cuidados do Conselho Tutelar da cidade.

Na delegacia, o casal explicou que o pai da criança havia deixado o bebê com um casal de vizinhos para procurar a mãe do menino, que estava fora de casa - após uma discussão entre marido e esposa. O bebê foi deixado com os vizinhos dos pais da criança, que possuem um comércio no bairro. Segundo a investigação, uma denúncia anônima sobre o bebê foi feita ao Conselho Tutelar.

Os pais alegam que não houve, por parte deles, abandono do bebê, pois a criança estava com esse casal de vizinhos. O #Santaportal apurou que o casal ainda chegou a procurar pelo bebê na sexta, porém não conseguiu localizar o seu paradeiro, pois a criança já havia sido levada pelo Conselho Tutelar. O setor administrativo do órgão não abre no final de semana e, por isso, os pais voltaram a procurar pelo bebê apenas na segunda-feira (6). Nesta terça, os pais foram encontrados e, posteriormente, eles se dirigiram até a DDM explicar o caso.

Uma oitiva feita pela polícia e pelo Conselho Tutelar esclareceu junto aos vizinhos o episódio.

A conselheira tutelar Cibele Batista Viriato disse ao #Santaportal que os pais comprovaram possuir residência fixa e explicaram o caso para o investigador da DDM. A criança ainda está acolhida pelo Conselho Tutelar. Agora, os técnicos do abrigo, junto com a Vara da Infância, vão tomar as próximas decisões sobre o futuro do bebê.