Em 2020, a campanha Ação do Coração será virtualDivulgação/Ação do Coração
AÇÃO DO CORAÇÃO - O novo coronavírus impõe um distanciamento físico, mas não é capaz de quebrar a corrente da solidariedade. É com esta atitude que a Associação Eduardo Furkini lança um aplicativo para realizar uma campanha virtual da Ação do Coração de 2020. O tema deste ano é "Um Meio de Amar e Ressignificar o Meio Ambiente".

O aplicativo permite a confecção de um coração decorado com estampas e com uma mensagem, que pode ser enviada para outra pessoa. Além disso, ele possui dicas de como cuidar da saúde do coração.

Outra parte do aplicativo oferece a opção de doação de R$ 3,00, que equivale a um alimento não-perecível, ou R$35,00, valor de uma cesta básica de onze items - e o usuário pode escolher a região do país e a entidade responsável pela entrega da doação. O app foi desenvolvido e doado por Igor Ponce, da Profile Plus.

noticia202073936751.jpg

Ação do Coração
A Ação do Coração é realizada em Santos há 8 anos. A ideia surgiu após uma viagem dos irmãos Alexandre Camilo e Eduardo Furkini à Europa, em que conheceram um movimento parecido que visava lembrar a importância dos cuidados com a saúde do coração. Quando Eduardo morreu, em 2011, o irmão encontrou uma forma de tornar o dia, que seria uma data triste, um momento único e memorável. A primeira campanha foi realizada em 02 de agosto de 2012, em referência à morte de Furkini.

Em um balanço parcial das 8 edições, a Ação do Coração já arrecadou 66 toneladas de alimentos, 49.700 brinquedos, 258 mil peças de roupa e contou com a presença de 230 mil pessoas; 17 países já enviaram corações. Anualmente, o movimento atende 8 unidades da Fundação Casa; 18 hospitais são parceiros da ação; 21 líderes religiosos compõem o movimento interreligioso pela cidadania; 12 forças de paz comparecem anualmente na ação do coração.