Câmara de Petróleo e Gás da ACS define projetos para alavancar setor na Baixada SantistaDivulgação/Associação Comercial de Santos

SANTOS - A instalação de uma base offshore (base de apoio para abastecimento às plataformas em alto-mar) na Baixada Santista e o convite às empresas do banco de dados do Sebrae para integrar o cadastro regional no Portal de Fornecedores de Petróleo e Gás foram os temas debatidos na reunião da Câmara de Petróleo e Gás, que ocorreu na manhã desta terça-feira, na Associação Comercial de Santos (ACS).

O protocolo envolve as prefeituras de Santos, Guarujá e Cubatão para a instalação de uma base offshore na região. Ele surgiu após uma apresentação do assessor-executivo da Subsecretaria de Infraestrutura do Governo de São Paulo, Ricardo Cantarani, em novembro do ano passado.

Para o coordenador da Câmara Setorial e vice-presidente da ACS, Vicente do Valle, a base offshore é vista como fundamental e a previsão é que já neste primeiro trimestre o documento elaborado pelas prefeituras seja finalizado e entregue ao Governo do Estado.

“Nos próximos dias vamos elaborar uma reunião de trabalho e pontuaremos o potencial existente para a instalação da base offshore. Temos uma ótima infraestrutura para que parte dessas operações seja realizada aqui e esperamos ser atendidos prontamente pelo Governo”.

Portal de Petróleo e Gás
Os detalhes para que as empresas do banco de dados do Sebrae sejam convidadas a participar do Portal de Fornecedores de Petróleo e Gás (www.acspeg.org.br ) também foram definidos nesta manhã junto ao gerente regional do Sebrae, Marco Aurélio Rosas.

Ainda de acordo com Vicente do Valle, a inclusão do cadastro das noves cidades da Baixada Santista, com a ajuda do Sebrae, vai colaborar ainda mais para o desenvolvimento socioeconômico dos municípios.

"A Associação Comercial por meio da Câmara de Petróleo e Gás transcende o interesse de seus associados. Ela também cumpre um papel de desenvolver o crescimento da região. Ou seja, nesse sentido, a gente espera que, com este cadastro, a atividade econômica seja explorada e culmine na abertura de vagas de empregos e desenvolvimento tecnológico”.

Cadastro
Os interessados devem se cadastrar no site www.acspeg.org.br . Inicialmente, somente as empresas do Estado de São Paulo podem se registrar.

Os fornecedores devem preencher os dados com nome, endereço e CNPJ, além de citar os produtos ou serviços oferecidos. É importante especificar o tipo de atividade exercida para facilitar a busca na hora da pesquisa.

Só há vantagens com o cadastro. As petrolíferas passam a receber informações úteis sobre empresas qualificadas e evitam os altos custos em desenvolver seu próprio sistema. Os fornecedores ganham a oportunidade de se apresentar ao mercado e fazer negócios.