Raniel quer superar 2019 e classifica como obra do destino vinda para o SantosFabiano Roma/Santa Cecília TV
SANTOS FC - O atacante Raniel chegou cheio de esperanças ao Santos e falou em recomeço no clube. O jogador, de 23 anos e anunciado oficialmente em dezembro do ano passado, assinou por quatro temporadas (até 31 de dezembro de 2023) e foi apresentado hoje, no CT Rei Pelé.

"Futebol tem disso. No Cruzeiro, fui bem. No São Paulo, não tive um ano como queria que fosse. Estou em um novo clube, clube gigante. Quando muda de ambiente, se sente mais motivado. Tenho fé de que vai acontecer. Torcida pode esperar que vou brigar bastante dentro do campo, fazer meu melhor. Se Deus quiser, vai ser um ano bom para mim e para o Santos", afirmou. "Creio que, pelo ano de 2019, é um recomeço sim. Creio que será diferente. Não tenho dúvida disso", emendou.

Embora tenha deixado claro que prefere jogar como cenroavante, Raniel deixa a escolha a cargo do técnico Jesualdo Ferreira. "Sabemos que o professor gosta de jogador que atue em todas as posições. Prefiro jogar de centroavante, o que o professor optar estou à disposição para fazer. Centroavante, ponta, meia...", afirmou, elogiando o trabalho intenso do português.

Quase que Raniel veio parar na Vila Belmiro antes, no ano passado. E chegou agora. A resposta é mística. "Cruzeiro não quis aceitar a primeira oferta do Santos. Depois, São Paulo fez a mesma proposta e eles aceitaram. Eu acatei, mas quando tem que ser, é. Então quis o destino que eu viesse parar aqui".

Quando perguntado sobre o clima no Peixe, Raniel também seguiu pela mesma linha de raciocínio, elogiando também o carinho dos torcedores em relação a sua chegada.

"O São Paulo é uma grande equipe. Não deu certo lá. Aqui vai ser diferente. Parece que já estive aqui antes. Parece que tive uma passagem boa aqui, isso me fez querer vir para cá. Parece que estou chegando em casa. Torcida aceitou bem. Forma inexplicável como fui recebido", contou o atacante.

noticia20201141620504.jpg