Santos vence Chape na Vila e abre distância para o Palmeiras na vice-liderança


7 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 01/12/2019 às 21:24
Santos vence Chape na Vila e abre distância para o Palmeiras na vice-liderança Ivan Storti/Divulgação Santos FC

BRASILEIRÃO - O Santos deu um passo importante para se firmar na vice-liderança do Campeonato Brasileiro. Jogando em casa, o Peixe bateu a já rebaixada Chapecoense, por 2 a 0, na noite deste domingo, na Vila Belmiro, pela 36ª rodada. Lucas Veríssimo e Evandro marcaram os gols santistas.

Agora com 71 pontos, a equipe praiana abriu três pontos de vantagem em relação ao terceiro colocado Palmeiras, e pode confirmar a segunda colocação na próxima rodada. A Chape, por sua vez, continua na vice-lanterna, com 28 pontos.

O Santos volta a campo contra o Athletico-PR na próxima quarta-feira, às 19h, na Arena da Baixada, pela penúltima rodada do Brasileirão. Mais tarde, às 21h, a Chapecoense recebe o CSA na Arena Condá.

O jogo
Aproveitando a fragilidade do adversário, o Peixe impôs um ritmo forte desde os primeiros minutos. Com isso, o time santista abriu o placar aos sete minutos. Evandro fez boa jogada pela esquerda e cruzou na cabeça de Lucas Veríssimo, que cabeceou no cantinho de João Ricardo: 1 a 0.

Aos poucos, o Santos diminuiu a intensidade e não fez o suficiente para ampliar antes do intervalo. Por outro lado, a Chapecoense assustou apenas em uma cobrança de escanteio, quando Camilo quase fez um gol olímpico.

No segundo tempo, o Peixe voltou mais “ligado” e tratou de fazer o segundo logo. Aos quatro, Sánchez inverteu a bola para Marinho pelo lado esquerdo e o atacante chutou rasteiro para dentro da área. Esperto, Evandro aproveitou para desviar a bola para o fundo das redes: 2 a 0.

Na frente no placar e com a posse de bola, o Santos administrava o resultado e fazia o tempo passar. Aos 38, Sánchez quase ampliou em cobrança de falta. Já aos 41, Veríssimo quase fez o seu segundo na partida, mas parou no goleiro João Ricardo, na última chance alvinegra de deixar o placar mais elástico na Vila. Fim de jogo: 2 a 0.

noticia20191212550668.jpg
Ivan Storti/Divulgação Santos FC