Sánchez perde pênalti no fim e Santos é derrotado pelo Fortaleza no Castelão


10 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 28/11/2019 às 22:17
Sánchez perde pênalti no fim e Santos é derrotado pelo Fortaleza no Castelão Ivan Storti/Divulgação Santos FC

BRASILEIRÃO - Após sete jogos de invencibilidade, o Santos foi derrotado pelo Fortaleza, por 2 a 1, na noite desta quinta-feira, na Arena Castelão, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mas, apesar do tropeço fora de casa, o Peixe se manteve na vice-liderança da competição.

Os santistas se mantiveram no segundo lugar, com 68 pontos, mesma pontuação do Palmeiras, que mais cedo perdeu do Fluminense no Maracanã. O Alvinegro Praiano leva vantagem nos critérios de desempate (20 vitórias contra 19 do rival). Já o Leão chegou aos 46 pontos e ocupa a 10ª posição, cada vez mais perto de garantir uma vaga na próxima Copa Sul-Americana.

As duas equipes voltam a campo no próximo domingo (1º). O Santos recebe a Chapecoense, às 19h, na Vila Belmiro. Um pouco antes, às 16h, o Fortaleza encara o Goiás no Serra Dourada.

O jogo
Assim como foi no jogo do primeiro turno, a partida começou bastante movimentada. A primeira boa chance foi criada pelo time santista. Aos 10 minutos, Sánchez recebeu na área, cortou para a perna direita e bateu colocado, mas o goleiro Felipe Alves espalmou e afastou o perigo.

A resposta do Tricolor do Pici veio aos 24 quando Romarinho bateu rasteiro e o goleiro do Peixe, Everson, conseguiu fazer uma grande defesa.

Apesar das boas oportunidades criadas na primeira etapa, gol mesmo só no segundo tempo. Logo aos quatro, Edinho cobrou falta com perfeição e colocou o Fortaleza em vantagem no placar: 1 a 0.

O Santos sentiu o gol adversário e os donos da casa ampliaram minutos depois. Aos 19, Romarinho fez boa jogada pela direita, invadiu a área e tocou para trás. A bola desviou na zaga alvinegra e sobrou limpa para Osvaldo completar para o fundo das redes, marcando o segundo do Fortaleza.

Mesmo em desvantagem, o Peixe não jogou a toalha e foi para cima. Aos 23, Diego Pituca cruzou e Carlos Sánchez surgiu no meio dos zagueiros para cabecear e estufar as redes tricolores: 2 a 1.

O próprio uruguaio poderia ter sido o herói santista quando Evandro foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti, após consultar o VAR. Porém, Sánchez acertou a trave na cobrança da penalidade.

Antes do fim do jogo, o Santos ainda perdeu o atacante Soteldo expulso após se envolver em confusão com jogadores do adversário. Depois do apito final, Pará também recebeu o vermelho por reclamação.

noticia201911281655360.jpg
Ivan Storti/Divulgação Santos FC