Durante programa de rádio, Augusto Nunes e Glenn Greenwald chegam às "vias de fato"


13 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 07/11/2019 às 14:01
Durante  programa de rádio, Augusto Nunes e Glenn Greenwald chegam às "vias de fato" Reprodução

RÁDIO - O jornalista Augusto Nunes, da Rádio Jovem Pan, Veja e Record, trocou tapas com o norte-americano Glenn Greenwald, do The Intercept. A confusão aconteceu durante o programa Pânico, transmitido pela rádio. Gleenwald tentou revidar o tapa que levou, mas não conseguiu.

A polêmica foi iniciada depois de Gleen questionar Nunes sobre se um juiz deveria investigar sua família.

"Nós temos muitas divergências políticas, eu não tenho problema nenhum em ser criticado pelo meu trabalho - eu critico ele também. Mas o que ele fez foi a coisa mais feia e suja que eu vi na minha carreira como jornalista, inclusive fazendo guerra com CIA, governo Obama, governo do Reino Unido. Ele disse que um juiz de menores deveria investigar nossos filhos e decidir se nós deveríamos perder nossos filhos. (Que) eles deveriam voltar para o abrigo, com base nenhuma. Acusando que estamos abandonando, fazendo negligência de nossos filhos. Eu quero saber se você acredita que um juiz de menores deveria investigar nossa família com possibilidade de tirar nossos filhos de nossa casa, sem pai nem mãe, sem família nenhuma", disse Glenn.

"Essa é a prova de que o Brasil criou o faroeste à brasileira. Quem tem que se explicar é quem comente crimes, quem fica cobrando quem age honestamente. Ouça-me: o que eu disse, vocês vão perceber, é que ele não sabe identificar ironias, não sabe identificar um ataque bem-humorado. Convido ele a provar em que momento eu pedi que algum juizado fizesse isso. Disse apenas que o companheiro dele passa tempo em Brasília, passa o tempo todo lidando com material roubado. Quem vai cuidar dos filhos?", respondeu Nunes.

Aí Gleen disse por repetidas vezes: "Você é um covarde! Você é um covarde! Eu vou falar o porquê". Foi quando Nunes o interrompeu e atingiou o rosto de Gleen.

O apresentador Emílio Surita foi obrigado a colocar uma música no ar, enquanto os ânimos eram serenados no estúdio. O retorno aconteceu depois de 12 minutos, com um pedido de desculpas por parte da Jovem Pan

Acompanhe a confusão no vídeo: