Sabesp investe cerca de R$ 450 milhões em obras de saneamento em Praia Grande


27 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 24/10/2019 às 12:45
Sabesp investe cerca de R$ 450 milhões em obras de saneamento em Praia Grande Gilberto Marques/Governo do Estado de SP

PRAIA GRANDE - A Sabesp, Companhia de Saneamento Básico do estado de São Paulo, está investindo cerca de R$ 450 milhões em obras de saneamento em Praia Grande.

Os trabalhos consistem na implantação de dois sistemas de disposição oceânica: um localizado no Bairro Canto do Forte e outro no Bairro Tupi (Tupiry).

Serão construídas estações de pré-condicionamento de esgotos (EPC), com cerca de 7,2 km de emissários terrestres e prolongados os respectivos emissários submarinos.

Na terça-feira (22), o prefeito visitou, acompanhado por diretores e supervisores da empresa, as obras da EPC e também do emissário submarino, localizados respectivamente nos bairros Tupiry e Tupi.

O emissário localiza-se a pouco mais de sete quilômetros da EPC, na orla da praia. A tubulação tem diâmetro de 1,20 metro e passará por intervenção, ganhando prolongamento de 650 metros cada um, chegando a mais de 4 km da distância da praia, o que facilitará a dispersão e evitará qualquer retorno. Como explicou o prefeito, isso é muito importante para a Cidade: “A grande matriz econômica de Praia Grande é o turismo, o veraneio. A praia precisa ter balneabilidade. Já avançamos muito nisso e com estas obras vai melhorar ainda mais”.

Além dos emissários e estações de tratamento, a rede de captação do esgoto instalada até 2022 deverá atender à mais de 80% da Cidade, chegando até cerca de 95% em 2025. "Resultado de planejamento e negociações com a empresa, quando da concessão dos serviços, essas obras representam melhor qualidade de vida para os moradores e desenvolvimento com sustentabilidade, da Cidade”, disse o prefeito.

O diretor de tecnologia, empreendimentos e meio ambiente da Sabesp, Edison Airoldi, ressaltou a importância das obras para a Cidade e mesmo região: “É um trabalho realizado em parceria com a Prefeitura, que trará grandes benefícios para o Município, com mais balneabilidade para as praias e qualidade de vida para a população”.

José Luiz Salvadore Lorenzis, superintendente do programa de gestão de recuperação ambiental da Baixada Santista (Programa Onda Limpa), explicou que Praia Grande está dividida em três grandes sistemas de captação de esgoto, centralizados nos Bairros Canto do Forte, no Tupi e no Caiçara, sendo que este último já foi contemplado por obras.

“A estrutura instalada na Cidade terá capacidade para atender totalmente à demanda. Para se ter uma ideia, cada emissário terá capacidade de tratar e enviar para alto mar cerca de 1.830 litros de águas servidas, por segundo, devidamente tratadas. É um compromisso da Sabesp com a Praia Grande, e em especial com a Prefeitura, que é um importante parceiro na execução desse grande projeto”, detalhou Salvadore.