Paulistão A-2: fórmula de disputa é mantida e torneio pode ter VAR nas fases decisivas


25 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 23/10/2019 às 17:01
Paulistão A-2: fórmula de disputa é mantida e torneio pode ter VAR nas fases decisivas Rodrigo Corsi/Divulgação FPF

PAULISTÃO A-2 - Em Conselho Técnico realizado na sede da Federação Paulista de Futebol, os 16 representantes dos times que irão disputar o Paulistão da Série A-2 2020 definiram pela manutenção da fórmula de disputa da competição.

Sendo assim, os times jogarão em turno único na primeira fase, totalizando 15 jogos para cada equipe. Os oito melhores avançam para o mata-mata, enquanto os dois últimos são rebaixados.

As quartas de final, semifinal e final serão disputados em jogos de ida e volta, com decisão por pênaltis em caso de empate em pontos e saldo de gols. Os vencedores da semifinal ganham o direito de acesso a A-1 do Campeonato Paulista. Caso o Red Bull alcance a final, a vaga ficará para o terceiro colocado de acordo com a classificação geral do campeonato.

O torneio tem início previsto para o dia 22 de janeiro e término para 25 de abril, seguindo o calendário da CBF.

Nesse ano, a Portuguesa Santista fez uma boa campanha, tendo ficado com o segundo lugar na primeira fase, mas acabou eliminada pela Inter de Limeiras, nas quartas de final da competição.

VAR
Na reunião, foi discutido sobre a possibilidade da utilização do VAR nas fases semifinal e final. De acordo com a FPF, o assunto será debatido posteriormente.

Assim como no Paulistão da A-1, a partir de 2020 não haverá mais sorteio de arbitragem. A escolha dos árbitros será feita através de audiência pública.

Lista de Inscritos
Assim como em 2018, o torneio contará com lista de inscrição de atletas. A Lista A poderá ter até 26 nomes, enquanto a Lista B, com atletas da base, tem número ilimitado. Para isso, o atleta precisa ter nascido até 1999 e estar registrado no clube em período mínimo de seis meses, além de ter defendido o mesmo em um torneio da FPF em 2019 ou antes. Serão permitidos, no máximo, cinco atletas da Lista B simultaneamente em campo.

Treinadores
Assim como nos anos anteriores, os técnicos só poderão dirigir um clube durante o campeonato. Para isso, eles deverão ter pelo menos a Licença A ou apresentar a matrícula no curso. A Licença Honorária ou Pro também será válida.

* Com informações da FPF