Família de Santos perde casa e faz "vakinha virtual" para voltar a ter uma moradia


13 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 08/10/2019 às 19:44

AJUDA - No último domingo, a humilde casa de pafalita da família Abreu desabou sobre o mangue, no Caminho São Sebastião, na Zona Noroeste, em Santos. Desde então, a família está vivendo em um cômodo emprestado por um amigo no Centro e precisa de ajuda para voltar a ter uma casa e a dignidade de volta. Veja no vídeo acima com a reportagem de Fabiano Roma para o Caderno Regional, da Santa Cecília TV.

É dos amigos que vem toda a ajuda que dão roupas e alimentos para que a família Abreu possa se manter, enquanto tenta uma forma de reconstruir a sua casa. Foi por isso que eles criaram uma "vakinha virtual", com o objetivo de arrecadar R$ 27 mil. Até agora já foi arrecadado pouco mais de R$ 1.500.

Para ajudar, você pode fazer qualquer tipo de doação através do link https://bit.ly/2OCrrkB . Os interessados em ajudar também podem entrar em contato pelo telefone (13) 99120-9127 e falar com Maria Kátia Abreu.

Prefeitura se manifesta
Procurada pela reportagem, a Prefeitura de Santos informou que após avaliação da Defesa Civil sobre a situação da submoradia, um relatório foi encaminhado à Subprefeitura da Zona Noroeste e Secretaria de Desenvolvimento Social solicitando que a família que habitava o local seja atendida pelos serviços socioassistenciais ofertados pela Administração Municipal.

A maioria das famílias que mora em palafitas e ocupações (áreas de maior vulnerabilidade e risco social) é atendida pelos Centro de Referência de Assistência Social (Cras), que são a porta de entrada para a Política de Assistência Social e estão justamente localizados nessas áreas para que possam atender essas pessoas na oferta de seus serviços, programas e benefícios.