MPF investiga "18kRonaldinho", empresa suspeita de praticar golpe da pirâmide financeira


13 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 08/10/2019 às 10:50
MPF investiga "18kRonaldinho", empresa suspeita de praticar golpe da pirâmide financeira Divulgação

INVESTIGAÇÃO - O Ministério Público Federal investiga duas representações da "18kRonaldinho", empresa apontada por economistas de aplicar o golpe da pirâmide financeira. A Comissão de Valores Mobiliários abriu processo após receber denúncia contra o negócio. A informação é do UOL Esporte.

A "18kRonaldinho", cujo sócio-fundador é o ex-jogador Ronaldinho Gaúcho, promete rendimento de 2% ao dia aos clientes que investirem no ramo. Com investimentos a partir de US$ 30, o rendimento é fruto de operações de "trading e arbitragem" em Bitcoins, segundo material divulgado a potenciais clientes.

Ao UOL Esporte, o advogado Sérgio Queiroz, representante de Ronaldinho e seu irmão Assis, afirmou que ambos haviam rescindido o contrato com a empresa investigada há duas semanas. A empresa não confirmou a informação.

Segundo a Constituição Federal, a pirâmide financeira é considarada crime contra a economia popular - Lei 1.521/51. O esquema promete retorno financeiro em um curto período, mas a prática é vantajosa apenas quando atrai novos investidores. Quando os clientes param de se associar, a pirâmide não rende o previsto, entra em colapso e, assim, prejudica os demais sócios.