Governo de São Paulo realiza investimento de R$ 172 milhões na Baixada Santista


35 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 15/09/2019 às 22:19
Governo de São Paulo realiza investimento de R$ 172 milhões na Baixada Santista Governo do Estado de São Paulo

BAIXADA SANTISTA - O governador em exercício Cauê Macris, o Diretor de Sistemas Regionais da Sabesp, Ricardo Borsari, e o Diretor de Tecnologia, Empreendimentos e Meio Ambiente, Edison Airoldi, anunciaram na tarde de hoje, em Itanhaém, investimentos de mais de R$ 170 milhões em obras nos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário de Peruíbe, Mongaguá e Itanhaém. As cidades recebem novas etapas dos programas Água no Litoral e Onda Limpa, que ampliarão a segurança hídrica e a flexibilidade operacional, bem como a melhoria da saúde pública e da balneabilidade de rios e praias.

“É uma obra estruturante, que atinge não só a cidade de Itanhaém, mas toda a região da Baixada Santista. Mais de 2 milhões de pessoas serão beneficiadas”, destacou o governador em exercício.

Itanhaém receberá a maior parte dos recursos financeiros. Serão R$ 127,5 milhões no total, sendo R$ 47 milhões para dobrar a capacidade da estação de tratamento de água Mambú/Branco, que atende diretamente os municípios de Peruíbe, Itanhaém, Mongaguá, Praia Grande e a área continental de São Vicente. A vazão passará dos atuais 1,6 mil l/s para até 3,2 mil l/s. E para viabilizar isso, a cidade ainda receberá a ampliação de uma estação elevatória (de bombeamento) de água bruta e duas estações elevatórias de água tratada. A previsão é concluir os trabalhos em três anos, quando serão beneficiados aproximadamente 2,1 milhões de moradores e turistas.

A 2ª Etapa do Programa Onda Limpa iniciará investindo cerca de R$ 80 milhões em esgotamento sanitário no município de Itanhaém. Serão R$ 39,6 milhões nos bairros Jardim Cibratel e Jardim Santa Teresa, localizados na margem direita do Rio Itanhaém, que receberão nos próximos três anos 27,5 km de redes coletoras, 0,4 km de linha de recalque (tubulações pressurizadas), além da construção de duas estações para bombeamento dos esgotos que permitirão conectar 3,6 mil imóveis às redes, o que representa um benefício direto a 11 mil moradores e turistas. Também serão aplicados R$ 40,9 milhões para atender o bairro Jardim Savoy, localizado na margem esquerda do Rio Itanhaém. Estimam-se 26,6 km de redes coletoras, 2,7 km de linhas de recalque, três estações elevatórias e 2,9 mil ligações domiciliares, beneficiando 9 mil moradores e turistas atendidos.

Em Peruíbe, R$ 14,9 milhões foram destinados à estação de tratamento de água que leva o nome da cidade. As melhorias na ETA Peruíbe já beneficiam diretamente uma população (fixa e flutuante) de 120 mil pessoas. E para Mongaguá, mais R$ 29,9 milhões serão investidos no sistema de esgotamento sanitário, levando sua cobertura para mais 8,4 mil moradores e turistas dos bairros Balneário Jussara, Arara Vermelha, Flórida Mirim e outros. Serão 26,3 km redes coletoras, sete estações elevatórias, 2,9 km de linhas de recalque e 2,8 mil ligações domiciliares.

Fortalecimento da Saúde na Baixada
Macris também autorizou, em Itanhaém, a celebração de convênio de R$ 800 mil para a Prefeitura, destinado ao início das obras de uma nova Unidade de Saúde da Família, no bairro Guapurá. O recurso será aplicado na terraplanagem e fundação, construção de toda a estrutura, instalação elétrica, cobertura e acabamento da unidade. A Prefeitura será responsável pelas obras, bem como pelo processo licitatório para contratação de empresa executora.

Mais cedo, em Bertioga, foi assinada a autorização de liberação de R$ 900 mil para o município. Os convênios estão em fase de formalização.

“Viemos aqui em Bertioga assinar convênios importantes que já tinham sido discutidos no passado com o Prefeito. Foram R$ 500 mil para a área da saúde - na área do custeio, R$ 250 mil para a área social e R$ 150 mil para que o Prefeito possa comprar uma nova ambulância para o município”, afirmou o governador em exercício.

Na sequência, Macris complementou: “O Governo de São Paulo tem sido, ao longo do tempo, descentralizador, fazendo com que o recurso do Estado vá para a conta, principalmente para as cidades, sendo um governo municipalista”, declarou Cauê.

Outros convênios
O governador também autorizou convênios com Itanhaém que somam R$ 750 mil para investimentos em obras de infraestrutura urbana, da Secretaria de Desenvolvimento Regional, e de assistência social.

“São R$ 500 mil de infraestrutura urbana para serem investidos no bairro do Guapurá e mais R$ 250 mil para auxiliar na reforma de um centro comunitário”, detalhou Cauê Macris.

O município é responsável por desenvolver o projeto executivo da obra para posterior repasse de recurso pelo Governo do Estado.