Athletico vence em casa e precisa apenas de empate no Beira-Rio para ser campeão


6 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 12/09/2019 às 00:23
Athletico vence em casa e precisa apenas de empate no Beira-Rio para ser campeão Divulgação/Athletico-PR

COPA DO BRASIL - Com um gol de Bruno Guimarães, o Athetico-PR bateu o Internacional-RS, por 1 a 0, na noite desta quarta-feira, na Arena da Baixada, no primeiro jogo da final da Copa do Brasil.

A partida de volta da decisão está marcada para a próxima quarta-feira (18), no Beira-Rio, em Porto Alegre. O Furacão pode até empatar o duelo decisivo para ficar com o troféu. Do outro lado, o Colorado precisa de uma vitória por dois gols de diferença para levar a taça. Uma vitória do Inter por um gol de diferença leva a definição do título para os pênaltis.

O jogo
Com o apoio de sua torcida, que lotou a Arena da Baixada, o Athletico-PR partiu para cima do adversário desde o apito inicial. Aos seis minutos, o lateral-esquerdo Márcio Azevedo cruzou para Nikão, que escorou de cabeça para Rony, que arriscou uma bicicleta e mandou para fora.

Aos 13, os donos da casa assustaram novamente com Rony. O atacante soltou a bomba de fora da área, mas a bola saiu perto da trave e se perdeu pela linha de fundo.

Muito cauteloso no primeiro tempo, o Internacional-RS teve a sua melhor oportunidade aos 27, em chute do lateral Uendel que foi defendido pelo goleiro Santos.

No segundo tempo, o Colorado tentou se arriscar um pouco mais no ataque, porém o Furacão levava mais perigo.

Aos 10, Nikão recebeu pela esquerda e bateu cruzado. A bola passou por toda a área e nenhum jogador do Athletico-PR apareceu para completar.

Dois minutos mais tarde, entretanto, o Furacão chegou ao gol. Marco Rubén tentou o passe, a zaga do Inter afastou parcialmente e a bola sobrou de novo para o argentino, que deixou Bruno Guimarães de frente para o gol. O volante bateu de primeira e abriu o placar: 1 a 0.

Em desvantagem, o Colorado tentou ser mais ofensivo e abria espaço para os contra-ataques. Em um deles, aos 27, Marcelo Lomba evitou o gol de Rony, após o atacante ter deixado três marcadores para trás.

Aos 30, o Internacional-RS esteve perto do empate, mas Wellington abafou o chute de Lindoso, facilitando a defesa do goleiro Santos.

Já nos minutos finais, aos 44, o Colorado quase empatou com Rafael Sóbis, porém o jogo terminou mesmo com a vitória da equipe paranaense.