Morre aos 80 anos o ex-goleiro Andrada, que sofreu o milésimo gol de Pelé


13 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 05/09/2019 às 09:21
Morre aos 80 anos o ex-goleiro Andrada, que sofreu o milésimo gol de Pelé Reprodução

LUTO - O ex-goleiro argentino Andrada morreu ontem, em Rosário, na Argentina, aos 80 anos. As causas da morte não foram divulgadas.

Andrada atuou no Vasco entre 1969 e 1975. Ele ficou famoso por ter sofrido o milésimo gol da carreira de Pelé, em 19 de novembro de 1969, no Maracanã.

Naquela noite, o Rei marcou, de pênalti, a bola na rede que deu a vitória por 2 a 1 do Santos sobre os cariocas, pelo Torneio Roberto Gomes Pedrosa (ou Taça de Prata) - ver vídeo abaixo .

Quando o gol saiu, Pelé foi até a rede para pegar a bola e ser consagrado. Segundos antes, Andrada socava o chão de raiva por não ter conseguido fazer a defesa. Com o tempo, parece que entendeu ser parte importante da história, embora por vezes se incomodasse quando perguntado a respeito.

Pelo Vasco, Andrada, conhecido como El Gato, foi campeão carioca de 1970 e brasileiro em 1974. Antes, o goleiro se projetou no Rosário Central, da Argentina, time no qual atuou de 1960 a 1969, sendo o jogador da posição que mais atuou pelo clube, com 284 partidas.

Quando deixou o Vasco, Andrada ainda defendeu o Vitória, em 1976. No ano seguinte, El Gato foi para o Colón, da Argentina, e pendurou as luvas em 1982, pelo time Renato Cesarini, também de seu país.

Em 2007, Andrada chegou a ser preparador de goleiros do Rosário Central. No entanto, ele foi suspeito de participar do assassinato dos militantes Osvaldo Agustin Cambiaso e Eduardo Pereyra Rossi, durante a ditadura militar na Argentina. Andrada, depois que encerrou sua trajetória no futebol, colaborou com o PCI (Pessoal Civil de Inteligência), órgão de espionagem e repressão do governo. Andrada negou participação nos crimes e, em 2012, foi decretada sua inimputabilidade do caso por falta de provas.