Peres diz já ter outra ideia caso Conselho reprove Bolton Group no retrofit da Vila


126 dias atrás
Por: Ted Sartori e Rodrigo Martins/#Santaportal - Em 12/07/2019 às 12:43
Peres diz já ter outra ideia caso Conselho reprove Bolton Group no retrofit da Vila Divulgação

SANTOS FC - O presidente José Carlos Peres revelou já ter uma segunda ideia para o caso de os conselheiros do Santos não aceitarem o modelo de negócio, ainda a ser divulgado e proposto pelo Bolton Group, único interessado até o momento em investir no retrofit da Vila Belmiro. O anteprojeto foi apresentado na noite desta quinta-feira (12) para conselheiros e a imprensa.

Peres contou que Roberto Diomedi, CEO da empresa, mostrou-se entusiasmado ao assistir a transmissão feita pelo clube via internet. Dois advogados estiveram presentes e um deles falou que tudo está sendo avaliado para ver o que será oferecido. Diomedi não compareceu, de acordo com o mandatário do Peixe, porque nasceu o filho dele na Itália. Ele poderá vir ao Santos no fim deste mês ou no decorrer de agosto.

"Eles estão dispostos a apresentar um modelo de negócio. Vamos analisar e mostrar ao Conselho. Se o Conselho quiser, nós tocamos. Se o Conselho não quiser, partimos para a opção dois, que é a de vender setores do estádio para empresas, recortando o estádio em pedaços, digamos assim", afirma Peres. "Mas primeiro temos que ter o projeto na mão, com tudo construído, maquete, essas coisas para mostrar ao investidor", emenda.

A ideia é, talvez na próxima semana, fazer uma apresentação para sócios inscritos e, posteriormente, a outros interessados que queiram conhecer o empreendimento.

A baixa adesão de conselheiros ao encontro não chegou a surpreender Peres por não se tratar de uma reunião ordinária do órgão, mas o presidente santista considerou efetivas as participações dos que vieram. "Isso já é uma vitória, mas acredito que vai estar lotado na apresentação para os sócios", completou. Todo conselheiro, embora questionasse, parabenizava pela exposição do projeto.

O próprio arquiteto, Artur Katchborian, se surpreendeu com o ambiente encontrado. "Surpreendentemente acima das expectativas. Estava preparado para receber muito mais críticas negativas, mas certamente todas no sentido de qualificar o projeto. É óbvio que existem situações técnicas que tem de ser discutidas mais individualmente, mas garanto que até os mais rudes, vamos dizer assim, trouxeram comentários absorvíveis, aplicáveis e discutíveis. Estava preparado para um ambiente mais hostil".