PDT deve abrir processo disciplinar contra Tabata e deputados que apoiaram reforma da Previdência


94 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 11/07/2019 às 18:19
PDT deve abrir processo disciplinar contra Tabata e deputados que apoiaram reforma da Previdência Reprodução/Agência Câmara

POLÍTICA - A deputada Federal Tabata Amaral (SP) e outros sete deputados que votaram a favor o texto-base da proposta da reforma da Previdência serão processados pelo PDT. Em um primeiro momento, os líderes da sigla tinham falado em expulsão de Tabata e dos “rebeldes” que votaram contra a orientação partidária.

Segundo o jornal O Estado de São Paulo, o presidente do PDT, Carlos Luiz, admitiu em conversa informal com aliados na manhã desta quinta-feira (11) o recuo em relação à intenção de expulsar os deputados que foram favoráveis à proposta da PEC da Previdência.

No entanto, um processo disciplinar deverá ser aberto contra os parlamentares que foram infiéis ao posicionamento do partido na análise dessa matéria na Câmara.

Mesmo que não haja a expulsão, deputados do PDT defendem que Tabata tenha seu protagonismo diminuído na bancada da sigla. Atualmente, a parlamentar paulista é vice-líder da legenda e de comissões, como a Educação.