Santos e Internacional não saem do 0 a 0 na Vila Belmiro


31 dias atrás
Por: Ted Sartori/#Santaportal - Em 26/05/2019 às 18:06
Santos e Internacional não saem do 0 a 0 na Vila Belmiro Divulgação Santos FC

SANTOS FC - Em um jogo equilibrado apenas nos lances anulados com a ajuda do árbitro de vídeo, Santos e Internacional não saíram do 0 a 0 na tarde deste domingo (26), pela sexta rodada do Brasileirão. Com o resultado, o Peixe chega aos 11 pontos e vai ao quarto lugar.

Tanto Santos quanto Internacional voltam a campo pelo Brasileirão no domingo (2 de junho). Enquanto o Peixe vai à Arena Castelão enfrentar o Ceará às 16 horas, o Colorado recebe o Avaí às 19 horas no Beira-Rio.

Durante boa parte do primeiro tempo, os times não conseguiram concluir. A partir dos 30 minutos, quando o Internacional teve um gol feito por Guilherme Parede anulado por impedimento, após consulta ao árbitro de vídeo, de Guerrero, que fez o toque, o Colorado teve outras duas chances perigosas em sequência.

Aos 36, o Peixe saiu jogando com Vanderlei na esquerda com Jorge. Nico Lopez roubou, quase sobre a linha, e lançou bonito para a corrida de Guerrero. O atacante peruano tirou Lucas Veríssimo e bateu cruzado, para defesa de ponta de dedo de Vanderlei.

No escanteio, aos 37, Edenilson mandou para Emerson Santos ajeitar e Guilherme Parede, então, chutou rasteiro da entrada da área. A bola passou pertinho da trave direita.

Aos 41, Rodrygo roubou de Edenilson perto da entrada da área e pegou um pouco por cima da bola, mas o arremate não saiu com muita força e Marcelo Lomba defendeu com facilidade.

Na etapa final, Jorge Sampaoli foi para o tudo ou nada com as entradas, ao longo do tempo, de Eduardo Sasha, Cueva e Kaio Jorge, com as saídas de, respectivamente, Carlos Sanchez, Soteldo e Jean Lucas.

Mas aos 26 quem deu trabalho para Marcelo Lomba foi Diego Pituca, em chute que o goleiro do Inter foi no cantinho direito para espalmar, e quatro minutos depois, no cruzamento de Jean Mota que tomou a direção do gol e Lomba teve de mandar para escanteio.

Aos 37 minutos, Victor Cuesta tocou em Rodrygo, que recebeu de Cueva, e o árbitro Rodolpho Toski Marques marcou o pênalti. Ao ser chamado para ver o vídeo, voltou atrás. No final, o jogo terminou sem gols para um público de 12.756 torcedores, com renda de R$ 479.440,00.