Em ritmo de despedida, Rodrygo não quis garantir se volta um dia ao Santos


98 dias atrás
Por: Ted Sartori/#Santaportal - Em 13/05/2019 às 13:50
Em ritmo de despedida, Rodrygo não quis garantir se volta um dia ao Santos Ivan Storti/Divulgação Santos FC

SANTOS FC - O golaço de Rodrygo, o segundo da vitória por 3 a 0 sobre o Vasco, neste domingo (13), no Pacaembu, pela quarta rodada do Brasileirão, vai entrando na coleção das derradeiras imagens do atacante com a camisa do Santos, antes de seguir para o Real Madrid.

Apesar da saudade que começa a bater, Rodrygo preferiu não garantir se retorna para o Peixe daqui a algum tempo para não se comprometer.

"É um sonho que eu tenho de, quem sabe, voltar pra cá. Não vou prometer porque se um dia não vier a acontecer...Não sabemos o dia de amanhã", afirma. "Mas a cada dia que passa vai dando aquela saudade nas brincadeiras com os amigos e da cidade, pois estou desde os 10 anos aqui (ele tem 18). Vou sentir muita falta", emenda.

A certeza maior de Rodrygo é a de evolução em seu futebol no clube espanhol, considerado pelo atacante o maior do mundo. "Quero evoluir em tudo. Todo jogador sonha com isso. Quando se chega em um clube top, pois o Real Madrid é o maior clube do mundo, tenho que estar no nível dos caras. Não dá para escolher uma (qualidade a ser melhorada)", explica.

Se não vai conseguir deixar o Santos com um título no currículo, embora queira sua medalha caso o troféu do Brasileirão seja conquistado, o jeito é Rodrygo se contentar em levar o clube à liderança, vencendo o Palmeiras neste sábado (18), às 19 horas, no Allianz Parque. "É o que estou buscando. Nesses poucos jogos, vou tentar aproveitar para deixar o Santos na liderança e classificado na Copa do Brasil (diante do Atlético-MG, quarta-feira, às 19h15)", afirma.

A perseguição pela ponta do Nacional traz mais responsabilidade para Rodrygo, levando em conta as possíveis ausências de Soteldo e Derlis González. O venezuelano está na pré-lista de seu país para a Copa América, enquanto o nome do paraguaio apareceu na relação divulgada nesta segunda-feira (13).

"A responsabilidade sempre vai ser um pouco maior por tudo que envolve, ainda mais pelo negócio com o Real Madrid. Então sempre vai ser responsabilidade em cima de mim. Vão fazer um pouquinho de falta, mas tudo bem", comenta.