Com virada histórica, Liverpool reverte placar contra o Barça e está na final da Champions


169 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 07/05/2019 às 18:32
Com virada histórica, Liverpool reverte placar contra o Barça e está na final da Champions Reprodução/ Twitter Liverpool

LIGA DOS CAMPEÕES – Foi definido o primeiro finalista da Liga dos Campeões 2018-2019. Com uma virada inacredotável, o Liverpool (Inglaterra) goleou o Barcelona (Espanha) por 4 a 0 e irá realizar a final no Estádio Wanda Metropolitano no dia 1º de junho. Com gols de Origi (2) e Wijnaldum (2), os Reds conseguiram reverter em Anfield e se classificaram para a final do torneio pelo segundo ano consecutivo.

O segundo finalista será definido na quarta-feira (8), entre Ajax (Holanda) e Tottenham (Inglaterra).

O jogo
Mesmo com os desfalques de Salah e Firmino no setor ofensivo, o Liverpool, que havia perdido no Camp Nou por 3 a 0, foi para cima do Barcelona e logo aos 7 minutos abriu o marcador com o substituto do brasileiro. Origi aproveita rebote de chute de Henderson e mandou para as redes.

No decorrer da primeira etapa, o Barça teve chances de marcar com Messi duas vezes, porém o argentino foi parado pelo goleiro Alisson. Os donos da casa, por outro lado, tiveram chances em chutes de fora da área, porém o primeiro tempo terminou com vitória parcial de 1 a 0.

Na volta para o segundo tempo, o técnico Jurgen Klopp mexe no time e colocou sua equipe para frente. O resultado disso foram os gols de Wijnaldum aos 9 e 11 minutos. Primeiramente, o Liverpool contou com um erro na saída de bola de Rakitic. No terceiro, um cruzamento milimétrico de Shaqiri para o holandês terminou em gol: 3 a 0.

Após o terceiro gol, a partida ficou ainda mais aberta, com chances para os dois lados. No entanto quem marcou novamente foi o Liverpool. Em cobrança de escanteio aos 34, Alexander Arnold bateu rapidamente e, aproveitando o vacilo da zaga catalã, Origi apareceu livre para fazer o quarto e sacramentar a classificação dos Reds.

O Barça ainda tentou a reação, entretanto, os ingleses se defenderam como podiam e mais uma vez fizeram história na principal competição de clubes da Europa.