Marisa Coughlan, estrela de "Tentação Fatal", diz que Weinstein fez oferta de sexo em troca de papelReprodução/Twitter
ESCÂNDALO - A atriz Marisa Coughlan, estrela da comédia ‘’Tentação Fatal’’, produzida por Harvey Weinstein, também revelou ter sido assediada pelo magnata da área do entretenimento. Marisa falou ao site "The Hollywood Reporter" sobre a proposta de trabalho em troca de sexo feita por Weinstein.

Depois da revelação da atriz, celebridades como Angelina Jolie, Cara Delevingne e Gwyneth Paltrow se uniram para dizer que também já sofreram assédio por parte do empresário. Marisa Coughlan contou que, em 1999, quando ela tinha 25 anos, recebeu uma oferta por parte do magnata.

“Ele queria que eu fosse uma de suas ‘amigas especiais’ e fosse para o quarto dele”, disse a atriz, que completou: “Eu falei que tinha um namorado e o lembrei que ele era casado e que deveríamos continuar sendo profissionais. Em nenhum momento em imaginei que isso fosse ocorrer”, relembrou.

Hoje com 43 anos, Marisa ainda revelou que, após o episódio, recebeu um telefonema de Weinstein oferecendo passagens para ela ir com ele em um jantar romântico em Nova York. Porém, a nova investida foi recusada pela atriz.

Segundo a atriz, ela somente aceitou encontrar o produtor em um local público, para uma reunião profissional, em um restaurante. Mesmo assim, Harvey Weinstein teria continuado a fazer propostas no mesmo teor das conversas anteriores. Tempos depois, o papel oferecido para Marisa Coughlan foi destinado para outra atriz.

“Ele queria trocar sexo por um papel. É muito assustador que ele tenha se safado por tanto tempo”, concluiu a artista.