Divulgação Divulgação

Santos vai ganhar, em abril, uma unidade do Madero, considerado o melhor burger do Brasil

Santos vai ganhar, em exatamente um mês, uma unidade do Madero, a maior franquia de burger do Brasil, com mais de 80 casas no país e unidades também nos Estados Unidos e eleita recentemente a melhor hamburgueria do país pelo guia ‘O Melhor de São Paulo’.

A inauguração está prevista para o dia 28 de abril. A unidade santista vai contar com 20 vagas de estacionamento e 13 mesas externas, além das que estarão dispostas dentro do estabelecimento. O Madero Santos vai funcionar na Avenida Conselheiro Nébias, 665, no Boqueirão, em área que pertence à Universidade Santa Cecília (Unisanta).

blog2019328247773.jpg


Madero
O Madero surgiu há 14 anos pelas mãos do chef Júnior Durski, de origem polonesa. Para criar o conceito do lugar ele viajou pelo berço do hambúrguer, os Estados Unidos, aprendendo receitas locais. Entre os destaques do cardápio estão as minicoxinhas do chef Durski e a cesta de batatas fritas, as peças de carne grelhada e, claro, os burgers. A casa também tem carta de vinhos e diversas opções de sobremesas.

A franquia ganhou, ao longo de sua história, diversos prêmios, como os de Melhor Cheeseburger do Brasil da revista Veja, Melhor Carne do Brasil (Guia 4 Rodas e Revista Gula), Melhor Carta de Vinhos do País (Revista Prazeres da Mesa) e Chef do Ano (Revista Veja).

blog2019328236710.jpg

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Gustavo Klein
  • Postado em: quinta-feira, 28 mar 2019 10:05Atualizado em: quinta-feira, 28 mar 2019 21:53
Divulgação Divulgação

Ex-governador Geraldo Alckmin vai participar do programa de Ronnie Von na TV Gazeta

Parece brincadeira ou fake news mas não é: Geraldo Alckmin, ex-governador de São Paulo, fechou contrato com a TV Gazeta, da Capital, e vai fazer participações especiais no programa 'Todo Seu', apresentado pelo cantor Ronnie Von. A notícia é do colunista Flávio Ricco, do UOL.

De acordo com o colunista, Alckmin vai colaborar com dicas de saúde e de qualidade de vida. Além de político, Alckmin é médico e professor universitário.

blog2019326171919.jpg

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Gustavo Klein
  • Postado em: terça-feira, 26 mar 2019 17:17Atualizado em: terça-feira, 26 mar 2019 17:40
Divulgação Divulgação

Há dois filmes dentro de 'Nós'. Um deles é um ótimo suspense. O outro, uma decepcionante enrolação

O trailer de 'Nós', do Jordan Peele, me deixou muito curioso. E o filme até certo ponto correspondeu à expectativa. Não no nível, claro, de um Hitchcock, como vi alguns amigos argumentarem, mas vai muito bem na construção do suspense. Isso vai quase até a metade, até o momento em que a família encontra a outra família em casa, à noite.

A partir daí a coisa muda um pouco e o tom deixa de ser Hitchcock para ser de M. Night Shyamalan. Exige muita condescendência do expectador, muita disposição de comprar a teoria para não achar aquilo tudo muito ridículo. Eu não comprei completamente a ideia e tou longe de ser fã do Shyamalan. A trilha sonora, beeem arrogante, só piora a sensação.

O pior disso tudo é que, apesar disso tudo, ao fim, eu ria feito criança e me diverti bastante. Mesmo não embarcando totalmente na ideia, me diverti pescando as referências - dezenas - a outros filmes de terror, em especial a 'O Iluminado', de Stanley Kubrick. Me diverti com as interpretações exageradíssimas, também no estilo Kubrickiano. Me diverti até com a trilha sonora que sugere um susto onde ele não existe. 

Quase como se eu estivesse assistindo a um daqueles filmes feitos para serem ruins, mesmo, propositalmente, como 'O Ataque dos Tomates Assassinos'. Um bom elenco (a Lupita está ótima) e um filme que, apesar de ser ruim, me divertiu demais.

blog20193251915462.jpg

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Gustavo Klein
  • Postado em: segunda-feira, 25 mar 2019 10:20Atualizado em: segunda-feira, 25 mar 2019 12:36
  • Nós   Jordan Peele   Cinema   
Divulgação Divulgação

Ganhador de seis Oscar, musical La La Land é uma bela homenagem à história de Hollywood

Como fã assumido de musicais, não poderia deixar de indicar ‘La La Land’. Filmão com excelentes canções que ficam na memória, história de amor interessante e cenas de dança?—?ah, como adoro musicais que incluem dança!?—?muito legais. Um baita filme alegre, colorido, bem produzido, bem executado, bem coreografado e com uma história muito simples (garoto conhece garota, garoto e garota se apaixonam, lua de mel, problemas, redenção) mas extremamente eficaz até para quem, diferente de mim, não tem as referências.

Meu querido jazz, tão decadente, também está, na paixão do personagem principal pelo gênero. Ele passa o filme todo sonhando em abrir seu próprio clube de jazz e reclamando que seu lugar preferido virou um bar de “samba e tapas”. Ryan Gosling faz um pianista tão cheio de personalidade que vive desempregado. Emma é a clássica garçonete que sonha em ser atriz. Ambos se esbarram, se apaixonam e se motivam, mutuamente, a realizar os próprios sonhos. Não dá para contar mais sem estragar alguma surpresa.

O diretor, Damien Chazelle, já havia me impressionado muito em seu filme anterior, o vibrante Whiplash. A parte musical fica a cargo de Justin Hurwitz e da dupla Benji Pasek e Justin Paul e supera as expectativas em quase todas as canções. A coreógrafa Mandy Moore (apenas uma homônima da atriz e cantora) enfia homenagens em cada passo.

Acho que este ano, no Oscar, não vai ter pra ninguém, até porque Hollywood adora se ver homenageada nas telas e o filme é uma deslumbrante sequência de homenagens a grandes clássicos. Contei, na primeira vez que vi, seis referências a Casablanca, das mais óbvias, como citações, a outras nem tão perceptíveis. Cantando na Chuva também está lá. Gene Kelly, Fred Astaire e outros nomes clássicos também são lembrados. Nominalmente ou em sugestões bem escondidas. Todo o cinema musical clássico está lá.

É barbada o Oscar para ‘City of Stars’, grande canção do filme. Melhor filme também é estatueta quase certa, a não ser que os ventos mudem muito nas próximas semanas (atualização: mudaram!!! Mas o filme saiu da festa com seis estatuetas). Só vou torcer, infelizmente, contra a Emma Stone, mesmo sendo este seu melhor papel até hoje. Minha preferida continua sendo a Amy Adams em ‘A Chegada’. No mais, toda a minha torcida no Oscar deste ano vai para La La Land. Feliz pelo filme, uma deliciosa experiência que merece ser repetida algumas vezes.



 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Gustavo Klein
  • Postado em: sexta-feira, 22 mar 2019 10:44
Divulgação Divulgação

Há 341 anos nascia um gênio da música: Antonio Vivaldi

Um dos maiores compositores da história da música. Nascido em Veneza em 1678, era conhecido como 'O Padre Ruivo', título que é, enfim, autoexplicativo, afinal ele era padre e era ruivo... Foi ordenado padre com 25 anos mas dispensado de suas obrigações religiosas por causa de sua saúde frágil. Assim, se dedicou integralmente ao violino e ao ensino desse instrumento em um orfanato de garotas, para as quais compôs boa parte de sua obra e dedicou boa parte de seu tempo e de seus sentimentos (inclusive amorosos/sexuais).

Era muito mais músico do que religioso. Chegou a sofrer amaça de excomunhão porque abandonou uma missa, no momento da consagração da hóstia, para anotar uma melodia que lhe havia ocorrido. Compôs uma infinidade de obras eruditas maravilhosas, como os quatro concertos que, juntos formam a suite As Quatro Estações.

Como todo compositor daquela época, morreu pobre aos 63 anos. Mas deixou um legado fundamental para a música clássica. Foi ele que estabeleceu toda a estrutura dos concertos e sinfonias modernas. Influenciou, inclusive, aquele que talvez seja o maior compositor da história da música: Bach.

Compôs mais de 550 concertos, 46 óperas, 73 sonatas e muita música sacra e música de câmara. Sua obra ficou desaparecida por muitos séculos, até ser descoberta no início do século 20 e publicada na segunda metade dos anos 1900.

No video, de 2014, a violinista Janine Jansen e a Orquestra de Amsterdã tocam As Quatro Estações.

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Gustavo Klein
  • Postado em: segunda-feira, 04 mar 2019 14:57Atualizado em: segunda-feira, 04 mar 2019 15:11
      Página Posterior >>
Sobre
Cinema, música, literatura, séries de tevê e muito mais. As últimas notícias. Entrevistas com quem faz cultura. As resenhas dos filmes em cartaz e das séries do momento. Os livros mais legais. Tudo isso e muito mais você encontra aqui, no Santa Cultura!