Reprodução/ANSA Reprodução/ANSA

Mídia britânica cogita saída de Mourinho do Manchester United

Esse próximo final de semana será de decisão para o técnico José Mourinho e o Manchester United. O confronto dos Red Devils diante do Chelsea, neste sábado (20), poderá definir o futuro do português no comando clube inglês.

Nas oito primeiras rodadas da Premier League, o Manchester United apresentou resultados abaixo do esperado, como nas derrotas para o Brighton, West Ham e Tottenham, este último de goleada (3 a 0). Além disso, o tradicional time britânico foi eliminado precocemente da Copa da Liga Inglesa, diante do Derby County, que disputa a segunda divisão.

A situação de Mourinho piorou após o treinador ter tido desentendimento no treinamento com o meio-campista Paul Pogba, logo após o vexame diante do Derby County. Ambos não se cumprimentaram no gramado e tiveram uma conversa acalorada no vampo.

Segundo a mídia esportiva britânica, Mourinho seria demitido independente do resultado que conquistaria diante do Newcastle, no dia 6. No confronto, o Manchester United fez sua lição de casa e derrotou, de virada e com muitas dificuldades, os "Magpies", por 3 a 2. O técnico português, por sua vez, continuou no cargo.

Diante do Chelsea, em Londres, na próxima rodada do Campeonato Inglês, o Manchester United tentará engrenar sua segunda vitória consecutiva no torneio, e consequentemente subir na tabela, já que ocupa no momento a 8ª colocação.

Em meio à turbulência do United, a mídia britânica já especula os possíveis substitutos de Mourinho nos Red Devils. O nome mais forte até o momento é o de Zinedine Zidane, que segundo o tabloide "The Sun", estaria até estudando para aprimorar seu inglês. No final de setembro, o ex-jogador postou uma foto no Instagram em que estava na capital britânica, levando os torcedores do Manchester a loucura.

Além do francês, a mídia britânica ainda cita os nomes de Antonio Conte, ex-Chelsea; Laurent Blanc, ex-PSG; Mauricio Pochettino, do Tottenham; Diego Simeone, do Atlético de Madrid; e até Ryan Giggs, que está comandando a seleção de Gales.

O atacante Zlatan Ibrahimovic, que atualmente joga no Los Angeles Galaxy, mas que passou pelo o United entre 2016 e 2018, saiu ontem (18) em defesa do seu ex-treinador.

"Todo mundo critica o Mourinho e eu não acho que é por conta dos resultados, é por conta do caráter, por conta da forma que ele é. Eu me vejo um pouco nessa situação, nós temos a nossa confiança, nós acreditamos em coisas, nós dizemos certas coisas, do nosso jeito", disse o sueco em entrevista à emissora "Sky Sports".

 

 

Leia Mais
Reprodução/Flickr Reprodução/Flickr

Neymar estaria disposto a voltar ao Barça, diz jornal

Comprado pelo Paris Saint-Germain (PSG) por 222 milhões de euros, na contratação mais cara da história do futebol, o atacante Neymar estaria querendo voltar para o Barcelona, publicou hoje (17) a imprensa catalã.

Apesar da saída de Neymar ter desagradado aos dirigentes do clube espanhol, o Barcelona pode estar disposto a aceitar o retorno do brasileiro um ano depois.

O jornal "Mundo Deportivo" informou que Neymar tem mandado mensagens a dirigentes e jogadores do Barcelona para tentar uma aproximação. Antes, a resposta do Barça era fria. Agora, o clube está mais propício a esquecera mágoa, mas pode ser que exija que o jogador assuma publicamente que errou ao sair do clube, além de retirar uma ação na Justiça de 26 milhões de euros contra o Barcelona.

Boatos que circulam há meses na imprensa esportiva apontam que Neymar não teria se acostumado ao time da capital francesa. 

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Redação #Santaportal, com informações da Agência ANSA
  • Postado em: quinta-feira, 18 out 2018 18:36Atualizado em: sexta-feira, 19 out 2018 18:34
  • Neymar   PSG   Barcelona   
Twitter/@Charles_Leclerc Twitter/@Charles_Leclerc

Ferrari confirma saída de Raikkonen e anuncia Leclerc

(ANSA) - A Ferrari confirmou nesta terça-feira (11) a saída do finlandês Kimi Raikkonen ao fim da atual temporada da Fórmula 1. Ele será substituído pelo jovem monegasco Charles Leclerc.

Pouco depois do anúncio, o "homem de gelo" surpreendeu e revelou em suas redes sociais que disputará a temporada de 2019 da F1 pela Sauber, equipe pela qual iniciou a carreira, em 2001. Aos 38 anos, Raikkonen ocupará a vaga deixada justamente por Leclerc, 20, com um contrato de duas temporadas.

"Adivinhe quem voltou? Próximos dois anos com a Sauber! É extremamente bom voltar aonde tudo começou!", escreveu o finlandês em seu perfil no Instagram.

Leclerc, por sua vez, vem realizando uma boa temporada pela equipe suíça e é considerado uma das grandes promessas da Fórmula 1.

"Sonhos se tornam realidade. Vou pilotar pela Ferrari no Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2019. Serei eternamente grato ao time pela oportunidade que me deu", agradeceu o monegasco.

Nesta temporada, Raikkonen faz sua melhor campanha desde que retornou para a Ferrari, em 2014. O "homem de gelo" está na terceira colocação na classificação geral, com 164 pontos, somando nove pódios nas 14 corridas realizadas até o momento.

Leclerc, por sua vez, ocupa a 15ª posição, com 13 pontos conquistados. Seu melhor resultado em 2018 é um sexto lugar no Grande Prêmio do Azerbaijão, em Baku.(ANSA)

 

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Ferrari confirma saída de Raikkonen e anuncia Leclerc
  • Postado em: terça-feira, 11 set 2018 15:43Atualizado em: terça-feira, 11 set 2018 15:43
Reprodução/ANSA Reprodução/ANSA

Ex-dono do Milan, Berlusconi está perto de comprar o Monza Calcio

O ex-primeiro-ministro da Itália Silvio Berlusconi está planejando voltar ao futebol. Ao lado do amigo e empresário Adriano Galliani, o ex-dono do Milan está próximo de comprar o Monza Calcio, que milita na Série C do Campeonato Italiano.

De acordo com a imprensa italiana, a dupla está empenhada em adquirir o clube biancorosso e os dois cartolas já ligaram diversas vezes para os atuais donos do Monza.

No entanto, em uma entrevista ao jornal "Corriere della Sera", Galliani, que foi eleito senador nas últimas eleições, minimizou a compra do clube da região da Lombardia dizendo que "é só uma ideia".

O retorno de Berlusconi ao mundo do futebol deverá acontecer após os fracos resultados nas últimas eleições do partido Forza Italia, liderado pelo ex-primeiro-ministro.

Sob o comando de Silvio Berlusconi, entre 1986 e 2017, os torcedores do Milan puderam comemorar três Mundiais de Clubes, cinco Ligas dos Campeões e nove Campeonatos Italianos.

No entanto, o clube entrou em decadência após o título da Série A da temporada 2010/11. Em abril de 2017, Berlusconi vendeu o Milan ao empreendedor chinês Li Yonghong, que saiu do cargo pouco depois de um ano. Atualmente o time rossonero pertence ao fundo de investimento norte-americano Elliott.

Já o Monza vem buscando se reerguer no futebol italiano após decretar falência em 2004 e 2015. O clube biancorosso nunca disputou a Série A, mas possui mais de 40 participações na segunda divisão do Calcio, chegando a ficar na terceira colocação da competição, na temporada 1955/56.

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Redação #Santaportal, com informações da Agência ANSA
  • Postado em: quarta-feira, 05 set 2018 16:37Atualizado em: quarta-feira, 05 set 2018 16:37
  • Silvio Berlusconi   Monza   Milan   
Divulgação/Real Valladolid Divulgação/Real Valladolid

Ronaldo Fenômeno é apresentado como novo dono do Valladolid

O ex-atacante Ronaldo "Fenômeno" foi apresentado nesta segunda-feira (3) como o novo proprietário do Real Valladolid, da Espanha, que disputa a primeira divisão do Campeonato Espanhol.

O ex-jogador do Real Madrid comprou 51% das ações do modesto clube espanhol, ao custo de cerca de 30 milhões de euros (aproximadamente R$ 141 milhões).

"Quero que todos façam parte deste clube e convido os torcedores a participarem deste projeto, dando ideias, opiniões, críticas e esperanças. Quero que façam parte do presente e do futuro do Real Valladolid. Contem com a gente para fazer o Real Valladolid se consolidar na primeira divisão e seguir construindo sonhos", disse Ronaldo.

O brasileiro manterá Carlos Suárez Sureda na presidência da equipe blanquivioleta e quitará sua dívida de 25 milhões de euros.

"Hoje é um ponto de partida. A chegada de Ronaldo coloca o Real Valladolid no mapa e fará o clube dar um salto de qualidade", afirmou Suárez.

Essa não é a primeira vez que Ronaldo investe no futebol. Em 2014, o ex-jogador virou um dos sócios do Fort Lauderdale Strikers, dos Estados Unidos, mas o negócio não vingou, e ele vendeu sua parte em 2016.

No Campeonato Espanhol, o Valladolid ocupa a 16ª colocação, com dois pontos, conquistados nos empates sem gols contra o Girona e o Getafe. Na próxima rodada, os blanquivioletas enfrentarão o Alavés, em casa, no dia 16 de setembro.

O Valladolid possui 43 participações na elite do futebol espanhol, sendo o seu melhor resultado um quarto lugar na temporada 1962/63.

 

 

Leia Mais
      Página Posterior >>
Sobre
Futebol, basquete, vôlei, Fórmula 1, UFC e muito mais. Informações e opiniões sobre tudo o que rola no mundo dos esportes você irá encontrar neste blog. Fique por dentro das últimas novidades no SantaEsporte!
Categorias