Divulgação Divulgação

Instituto Arte no Dique recebe homenagem no Paço Municipal de Santos

Nesta quarta-feira, 23 de outubro, 18h, o Instituto Arte no Dique será homenageado no Paço Municipal de Santos, em cerimônia realizada no Salão Nobre Esmeraldo Tarquínio.
Marcarão presenças autoridades municipais, entre representantes da Prefeitura e da Câmara Municipal da cidade.

O evento contará com apresentação musical do Coletivo Querô, formado por crianças e jovens alunos das oficinas da instituição. Na ocasião, especificamente, se apresentarão as crianças que irão para o Intercâmbio Cultural na Itália, em dezembro.

Também será exibido um filme sobre o Intercâmbio Cultural de 2018, produzido na Itália.

“Esse tipo de reconhecimento do poder público para o instituto denota um olhar atento para as causas sociais e é fundamental no desenvolvimento de uma sociedade na qual as diferenças sejam diminuídas e haja mais oportunidades para todos”, ressalta o presidente do Arte no Dique, José Virgílio Leal de Figueiredo.

Sobre o intercâmbio:

O Intercâmbio Cultural Internacional teve início em 2012. Desde lá, os participantes do Arte no Dique tiveram a oportunidade de visitar e receber artistas e empreendedores sociais de diversos países da América do Sul e Europa. Com isso, foi possível oportunizar a troca, vivência e ganho de repertório cultural e social de crianças e jovens e de todo o público envolvido nessa ação.

Ao longo desse período, dois jovens que frequentavam as oficinas de percussão do Instituto Arte no Dique decidiram viver profissionalmente em solo europeu, eles são: Gabriel Prado, 22 anos, morador de Bari na Itália onde vive há quatro anos, e Jorge Henrique, da mesma idade, morador de Marselha, na França, há dois anos.
Em 2019, oito crianças entre 07 e 12 anos, moradores do Dique da Vila Gilda e de bairros vizinhos, estão realizando ensaios diariamente para uma nova viagem. A experiência em um outro país permitirá, ainda que por alguns dias, encontrar um “novo mundo”, onde terão acesso a outros hábitos, costumes, identidades, gastronomia, idiomas, horizontes, enfim, cultura.

Sobre o Instituto Arte no Dique

28 de novembro de 2002. Nessa data foi lançada a pedra fundamental do Instituto Arte no Dique. Passados quase 17 anos, mais de 10 mil pessoas, em grande parte moradores do Dique da Vila Gilda, em Santos, frequentaram as oficinas da instituição, tiveram acesso à cultura e à arte. “Cultura como um todo”, como costuma dizer o presidente da ONG, José Virgílio Leal de Figueiredo, já que o Arte no Dique trabalha, com seus colaboradores, alunos, frequentadores, parceiros, a questão da cidadania. Desde a entrega semanal de leite para a comunidade, até as oficinas de percussão (que deu início ao projeto), violão, dança, informática, customização, as exibições de filmes seguidas de debates, shows. Artistas de renome internacional como Gilberto Gil, Moraes Moreira, Sergio Mamberti, Lecy Brandão, Wilson Simoninha, Hamilton de Holanda, Armandinho Macedo, Luiz Caldas, entre outros, já se apresentaram no espaço.
O Dique da Vila Gilda na Zona Noroeste de Santos é a região com o menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) da Baixada Santista, onde está a maior favela sobre palafitas do Brasil, com cerca de 25 mil habitantes vivendo em condições precárias, em palafitas à beira do mangue, sobre o Rio Bugre.

Diariamente, cerca de 600 pessoas participam do projeto, que tem a missão de oferecer oportunidade de transformação e desenvolvimento humano e social a crianças, adolescentes, jovens e adultos através da participação da comunidade em ações educativas, de geração de renda, meio ambiente e valorização da cultura popular da região. O trabalho sério, que gerou importantes resultados inclusivos, levou a instituição a tornar-se referência internacional em inclusão social.

O Arte no Dique é referência no projeto Escola Integrada, atuando no contra-turno de alunos da rede municipal, possibilitando às crianças o contato com as artes, a cultura, a inclusão e a cidadania.

O Instituto foi fundamental na criação do Restaurante Bom Prato, lançado no fim de 2018 dentro de seu terreno e que, desde então, tem contribuído para combater a fome na região.

Serviço:
Cerimônia de Homenagem ao Arte no Dique
Quarta-feira, 23 de outubro, 18h
Paço Municipal de Santos – Salão Nobre Esmeraldo Tarquínio. Praça Visconde de Mauá, s/n.
Entrada franca.

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Sarah Campos
  • Postado em: terça-feira, 22 out 2019 15:46
  • Cultura   Santos   Arte   
Divulgação Divulgação

Mãe Nerd 013 volta ao Pátio Iporanga neste fim de semana com venda de gibis antigos, raros e formatinhos

Neste fim de semana, de sexta (18 de outubro) a domingo (20), o Shopping Pátio Iporanga terá um cantinho especial para amantes das histórias em quadrinhos. O projeto Mãe Nerd 013 estará pela segunda vez com seu estande repleto de gibis raros, antigos, inclusive no clássico formatinho dos anos 80 e 90, no primeiro piso do estabelecimento, ao lado da escada rolante que leva à Praça de Alimentação.

O Mãe Nerd 013 é o projeto de uma mãe santista que, ao conhecer o amor do filho pelos gibis, se interessou pelo segmento nerd e decidiu atuar no ramo levando ao público as histórias em quadrinhos clássicas que ajudaram a formar a educação do filho.

No estande há, em maioria, gibis do Batman e do Superman, em edições isoladas e coleções inteiras.

Mãe Nerd 013 no Pátio Iporanga

Sexta, 18 de outubro, das 10h às 21h
Sábado, 19 de outubro, das 10h às 21h
Domingo, 20 de outubro, das 12h às 21h
Shopping Pátio Iporanga – Av. Ana Costa, 465, Gonzaga, primeiro piso, ao lado da escada que leva à Praça de Alimentação

 

 

Leia Mais
Divulgação Divulgação

5º Santos Film Fest celebrará 25 anos da Retomada do Cinema Brasileiro, história dos cinemas santistas e terá diversas mostras paralelas

A quinta edição do maior festival de cinema do litoral paulista já tem data marcada: 23 de junho a 1º de julho de 2020, com abertura programada para o Cine Roxy 5, como já virou tradição.

O 5º Santos Film Fest – Festival Internacional de Filmes de Santos manterá a mostra competitiva de curtas e longas (que acontece no Roxy 4 e no Roxy 5), bem como a Mostra Humanidades e filmes internacionais, além de pré-estreias exclusivas que serão divulgadas em breve.

25 anos da Retomada do Cinema Brasileiro em Mostra Retrospectiva e Exposição

Entre os temas que serão abordados do festival, estão os 25 anos da Retomada do Cinema Brasileiro, iniciada em 1995 com “Carlota Joaquina, a Princesa do Brasil”, de Carla Camurati. O auge da crise do cinema nacional ocorreu no início dos anos 90, quando a Embrafilme foi extinta pelo governo federal. A situação só começou a melhorar em 1993, quando foi criada a Lei do Audiovisual, que promovia novos investimentos do mesmo. Dois anos depois, apareceram as primeiras produções nacionais de peso”, explica o diretor do festival André Azenha. Será realizada uma mostra paralela com filmes de destaque desse período, bem como uma exposição narrando os principais momentos, filmes e realizadores desses 25 anos. “Mais que relembrarmos esses 25 anos de conquistas e dificuldades do nosso cinema, vamos mostrar ao público quão importante é nossa produção, que gera empregos, reflete nossa cultura, nossa história e leva o Brasil mundo afora”, afirma Azenha.

Mostras

Em 2020 o Santos Film Fest ampliará sua programação. O festival veio com o objetivo, desde seu início, em levar o cinema a diversos espaços de Santos. Em 2018, por exemplo, foram mais de 100 filmes exibidos (algo inédito na Baixada Santista, a grande maioria de longas-metragens e produções inéditas na região, sem contar as reprises), oficinas, palestras, exposições, lançamento de livro e outras atrações em 15 espaços do município. Em 2019 foram mais de 80 produções levadas aos espectadores.

Além das duas unidades do Roxy e do Shopping Pátio Iporanga, parceiro desde a primeira edição do festival, a programação também deve voltar a acontecer em espaços públicos e será levado também a escolas da rede público, municipais e estaduais.

Estão confirmadas a mostra competitiva, a Mostra Humanidades (que reúne curtas e longas, nacionais e estrangeiros, que abordam questões relativas à cidadania).

E ainda serão realizadas as seguintes mostras:

- Filmes de surfe, pois a Baixada Santista possui uma rica produção de curtas, médias e longas-metragens que abordam o universo desse esporte.

- Filmes que retratam histórias e personagens reais de Santos e região, entre curtas, médias e longas. Afinal, no ano que Santos recebe o Congresso da Unesco nada mais importante que evidenciarmos nossas histórias.

- Cinetopia: haverá uma mostra retrospectiva com os filmes de destaque do projeto Cinetopia, do Cine Roxy, que apresenta obras europeias, asiáticas, fora do circuito comercial.

- Filmes sobre saúde mental. Santos possui alto índice de suicídios. Será realizada uma mostra com curtas e longas que refletem temas como depressão, ansiedade, transtornos mentais, em sessões seguidas de bate-papos com especialistas (psicólogos e psiquiatras), realizadas em escolas.

- Filmes sobre rock, gênero musical que possui tradição em Santos e produção de curtas e longas. A curadoria será feita por Lucas Krempel, do Blog n Roll, e Wladimyr Cruz, do Zona Punk, ambos jornalistas especializados em rock. Também será feita uma mostra de videoclipes selecionados pela dupla.

- Filmes sobre samba, gênero extremamente popular e tradicional de Santos, com compositores e artistas renomados em âmbito nacional.

- Filmes de temática LGBTQ. Na última edição foram mais de 20 produções do tema e o festival entende a importância de refletir a diversidade.

Exposições

Outra característica recorrente do Santos Film Fest é difundir o cinema em atividades diversificadas além das exibições cinematográficas. Todas as edições têm, ao menos, duas exposições. E em 2020 não será diferente.

Uma das exposições será sobre a Retomada do Cinema Brasileiro. Outra será sobre a História dos Cinemas Santistas, com imagens, reproduções de jornais da época e textos informativos sobre a trajetória das salas de cinema na região, especialmente a Cinelândia e o Roxy, cinema que sobreviveu ao advento dos multiplex e se mantém firme e forte há 85 anos.

A tradicional Virada Cinematográfica voltará a ocorrer na Cinemateca de Santos e, em breve, serão divulgados os homenageados.

Toda a programação será gratuita.

O 4º Santos Film Fest – Festival Internacional de Filmes de Santos ocorreu de 26 de junho a 3 de julho de 2019, ocupando diversos espaços e reunindo mais de 10 mil pessoas entre sessões, exposições, dez atividades formativas (oficinas, palestras, debates), duas viradas cinematográficas e presenças de artistas de renome nacional e internacional. Homenageou os diretores Daniel Rezende e Angela Zoé e abriu com pré-estreia exclusiva de Turma da Mõnica Laços. Em 2018 os homenageados foram o crítico Rubens Ewald Filho (com direito à exposição com seu acervo pessoal e lançamento de livreto biográfico gratuito) e Eliane Caffé. E, em 2017, os homenageados foram Luciano Quirino e Ondina Clais, que passaram a batizar os troféus do festival. É coordenado por André Azenha e Paula Azenha e conta com diversos apoiadores. Para 2020, o festival busca parceiros, patrocinadores e apoiadores. Toda a programação é gratuita.

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Sarah Campos
  • Postado em: quinta-feira, 17 out 2019 19:55
  • festival   cinema   Santos   
Divulgação Divulgação

Zumbis invadirão o Cine Roxy na próxima terça-feira para pré-estreia exclusiva de Zumbilândia: Atire Duas Vezes

Uma década depois de Zumbilândia se transformar em um hit cult, o elenco original (Woody Harrelson, Jesse Eisenberg, Abigail Breslin e Emma Stone) se reúne ao diretor Ruben Fleischer (Venom) e roteiristas Rhett Reese & Paul Wernick (Deadpool) para Zumbilândia: Atire duas vezes.



Na continuação, esses quatro caçadores devem seguir através do hilário caos que se espalhou desde a Casa Branca até o coração do país, para novamente combater os novos tipos de zumbis que evoluíram desde o primeiro filme; e também lidar com alguns sobreviventes humanos. Mas, acima de tudo, eles devem lidar com os problemas de relacionamento que surgem em seu sarcástico e improvisado núcleo familiar.



Para promover o filme, o Cine Roxy, em parceria com a Sony, realiza uma pré-estreia exclusiva para convidados na terça-feira, 22 de outubro, 21h, no Cine Roxy 5 (Av. Ana Costa, 443, Gonzaga).



O público da sessão deverá ter cuidado: pois zumbis invadirão o cinema na ocasião! Personagens devidamente trajados e maquiados receberão a plateia.



Zumbilândia: Atire duas vezes estreia em 24 de outubro.

Pré-estreia Zumbilândia: Atire Duas Vezes
Terça-feira, 22 de outubro, 21h
Cine Roxy 5 – Av. Ana Costa, 443, Gonzaga.
Sessão para convidados.

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Sarah Campos
  • Postado em: terça-feira, 15 out 2019 21:57
  • Evento   Cine Roxy   Santos   
Divulgação Divulgação

Ator Paulo Betti vem a Santos para pré-estreia do filme A Fera na Selva

Eliane Giardini e Paulo Betti estrelam o longa-metragem “A Fera na Selva”, um dos destaques na programação do terceiro Santos Film Fest, em 2018.. Ambos também dirigem o filme ao lado de Lauro Escorel.



Na terça-feira, 15 de outubro, 20h30, Paulo Betti vem a Santos para a pré-estreia exclusiva do filme no Cine Roxy 4 Pátio Iporanga (Av. Ana Costa, 465, Gonzaga). A sessão é para convidados.



A partir de quinta, 17 de outubro, o filme entra em cartaz no Roxy 4 dentro da programação do projeto Cinetopia.



O filme



Baseado livremente na obra do escritor americano Henry James, escrita no século XX, “A Fera na Selva” conta uma história de amor incompreendida. No filme acompanhamos um homem que vive de olho no futuro e passa a vida esperando por um acontecimento sem conseguir enxergar os sinais de algo que poderia realmente ter transformado sua vida mas que acabou ficando em segundo plano, como uma fera à espreita na selva.



No elenco ainda estão Juliana Betti, Janice Vieira, Cristina Labronici, Ademir Feliziane e Mário Pérsico.



“A Fera na Selva” é dirigido por Eliane Giardini, Paulo Betti e Lauro Escorel e coproduzido por Prole de Adão Produções, Batuta Filmes, Canal Brasil e Globo Filmes. O produtor associado é Fernando Meirelles. A distribuição nos cinemas é da O2 Play.

600 pessoas envolvidas



O filme integrou a seleção oficial do 3º Santos Film Fest – Festival Internacional de Filmes de Santos, em 2018, na mostra competitiva, e foi selecionado para o 45º Festival de Cinema de Gramado (RS), a 41ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo (SP) e para o 24º Festival de Cinema de Vitória (ES).



Filmado no interior de São Paulo em Sorocaba, Salto, Votorantim e Iperó, o trabalho envolveu mais de 600 pessoas entre equipe técnica, fornecedores e figurantes.



Pré-estreia A Fera na Selva
Terça-feira, 15 de outubro, 20h30
Cine Roxy 4 – Av. Ana Costa, 465, Gonzaga, 1º piso do Shopping Pátio Iporanga
Sessão para convidados.

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Sarah Campos
  • Postado em: quinta-feira, 10 out 2019 20:40
  • Cinema   Santos   Estréia   
      Página Posterior >>